Aluna ganha Concurso Cultural em 2º lugar

Texto jornalístico escrito por Julia Carvalho e Soraia Machado

Aluna Soraia Machado Abdouni, ganha Concurso Cultural em 2ª lugar, o evento aconteceu no dia 08/06/17, no Teatro Galpão às 19 horas.

No começo do evento teve apresentações do Projeto Guri com músicas clássicas. Logo em seguida, contaram a história dos 135 anos do jornal Tribuna do Norte, além de sorteios de brindes para a plateia. Até que chegou o grande momento da premiação, quando Soraia ganhou o título de segundo lugar e foi premiada com um controle de Playstation 2 e um fone de ouvido. Além disso tudo, conseguiu ganhar um prêmio do sorteio da plateia. Foi realmente uma grande noite.

20170612_114039

Os textos jornalísticos fazem parte de atividades trabalhadas pelo professor em sala de aula sobre esse gênero discursivo.

Fotos da premiação:

Aluna da escola Odete é finalista de concurso literário

Texto jornalístico escrito por Maria Clara e Maria Eduarda Aragoso

Soraia Machado Abdouni do 5º ano A, do período da manhã da escola Odete Madureira é finalista do concurso cultural do jornal Tribuna do Norte.
A aluna escreveu um texto de memórias literárias, falando sobre a sua tia que lutou pela emancipação de Moreira César.
Ela receberá o prêmio dia 8 de junho de 217 (quinta-feira) no “Teatro Galpão” às 19 horas. Lá os jurados escolherão quem ficará em 1º, 2º e 3º lugar.

Que concurso é esse?
Esse concurso foi criado pelo “jornal Tribuna do Norte” que está fazendo aniversário de 135 anos.

20170608_104849

Vejamos o texto escrito por Soraia que lhe garantiu o segundo lugar nesse concurso:

Emancipação

Lembro-me de minha tia avó “Bernadete” contando uma história marcante de sua vida, que foi sobre quando ela se reuniu com um grupo de pessoas que queriam a emancipação de Moreira César… Você sabe o que “emancipação”? Bem, minha tia me explicou que é: quando um distrito quer se separar de sua cidade e virar um novo município. Então, minha tia se tornou a presidente da comissão de emancipação, tomando a frente desse movimento.

Esse fato foi matéria muitas vezes em vários jornais, inclusive no “Tribuna do Norte”, que a entrevistou e a fotografou para sair na capa do jornal. Nesse momento minha tia ficou muito feliz pela “Tribuna” a ter entrevistado, pois isso o ajudou muito em sua luta para conscientizar outros moradores de Moreira César.

As lutas aconteceram em 1991 nos Tribunais de Justiça do país, porque o prefeito entrou com ações contra o movimento de emancipação para barrar o plebiscito, enquanto políticos, na esfera estadual se movimentavam, a fim de mudar a lei de Emancipação de Distrito… aliás, você sabe o que é “plebiscito”? É uma consulta sobre questão específica, feita diretamente ao povo, por meio de votação do tipo “Sim” ou “Não”, minha tia que me explicou isso também.

Infelizmente, a lei foi mudada e o distrito não pôde se tornar um município. O bom disso tudo é que esse acontecimento foi registrado pelo jornal “Tribuna do Norte”, que ajudou a conscientizar outros moradores de Moreira César.

 

Momento literário na escola foi um sucesso!!!

Texto jornalístico escrito pelos alunos do 5º ano.
(Produção coletiva)

No dia 6 de junho de 2017, realizou-se um grande evento sobre leitura, chamado “Momento Literário”, na escola Odete Corrêa Madureira localizada na cidade de Pindamonhangaba.

Momento literário consiste em ser um momento de leitura feito por quatro grupos de alunos do quinto ano A do período da manhã. Essa contação aconteceu ao mesmo tempo em sala de aula diferentes para os alunos da pré-escola, primeiro e segundo anos.

O resultado do evento foi considerado um sucesso, porque os contadores disseram que as crianças gostaram desse momento e os professores aprovaram o trabalho dos alunos do quinto ano.

Fotos do evento:

20170606_072246

Os livros que foram lidos para os alunos.

Os grupos formados para contar as histórias.

20170606_071112

Lembrancinhas confeccionadas pelos alunos.

Organizando os alunos no pátio para irem às salas de aula ouvirem a história escolhida.

Esse momento aconteceu após a leitura dos livros.

Vídeos do evento:

 

 

 

 

Vejamos como tudo aconteceu…

Primeiro, o professor fez a proposta aos alunos se gostariam de contar histórias para os alunos menores da escola. Foram divididos os grupos e realizada a escolha dos contadores. Em seguida, foi apresentada uma mesa com vários livros para os alunos olharem e escolherem qual seria o livro  mais adequado para ser lido a esses alunos.

Depois, os grupos se organizaram para preparar o evento. O professor orientou os alunos a irem as salas da pré-escola, 1º e 2º anos fazer o convite para o momento literário.

Num outro momento, os alunos foram convidados a fazerem a inscrição.

20170531_084854

20170531_103840.jpg

inscrições encerradas!